quinta-feira, 17 de julho de 2008

Queridos livros, ontem, hoje e sempre



“Ler é levar a alma a viajar..."

Encontrei esta frase que me sensibilizou por acaso, num comentário do Blog http://7leitores.blogspot.com. Visitem, porque vale mesmo a pena…

Partir em viagem é mágico! Não conheço ninguém que não se sinta completamente “embriagado” com a expectativa de conhecer novas culturas, outros lugares. Misturar-se com as pessoas, perder-se nos cheiros, partilhar sabores e envolver-se com as paisagens. O apelo exterior é intenso. Regressamos exaustos, porém, felizes!

Um Livro é o nosso passaporte para viajarmos e enriquecermos interiormente. Possibilita altos voos, estimula a criatividade e imaginação.
Idealizamos as personagens, recriamos o ambiente, cores e texturas. Através do nosso entusiasmo passamos a fazer parte do enredo, envolvemo-nos. Estamos lá, leitores atentos, a aguardar o desenrolar dos acontecimentos numa aparente proximidade. Quando gostamos a sério de uma obra entregamo-nos por inteiro e sem receios. Devoramos cada palavra, cada frase, cada página, a correr, com paixão!!!

Os livros que me marcaram e fizeram parte da minha história sempre estiveram lá quando precisei deles. Companheiros inseparáveis dos dias cinzentos e de todos os outros que nos fazem sentir “os donos do Mundo”. Preenchi livros em branco e fui encontrando as respostas que já sabia. Formulei novas perguntas às quais não sei responder de todo. Porque escrever faz parte do meu caminho, liberta-me, é um bom vício.

Mas é de ler que se trata. E cada vez que me aventuro nesta imensidão da Leitura adquiro mais consciência do que ainda tenho para aprender e desvendar. E não me canso de explorar novos caminhos, percorrer atalhos e até seguir por estradas desconhecidas e sinuosas. Todos os dias.

Seria tão triste, pobre um Mundo sem livros, uma ideia impensável… Não consigo sequer imaginar.
Obrigada, simplesmente por existirem!

11 comentários:

doisolhinhos disse...

Seria pobre um mundo sem livros, sem música, sem teatro, sem dança... sem arte!

"A arte deve ser um órgão moral da vida humana."
(Leon Tolstói)

"Realmente, eu não gosto da natureza humana a menos que esteja bem temperada com arte."
(Virginia Woolf)

Ana disse...

Quando lemos um livro mergulhamos num mundo imaginário onde tudo é possível e onde podemos dar asas à nossa imaginação!
Ler um livro é viajar pelo mundo dos sonhos!

Boas leituras!

Lígia Carvalho disse...

me arrepiei só de pensar em um mundo sem livros, sem palavras, sem idéias. Não sei se concordas comigo, mas às vezes uma idéia dita não tem o mesmo peso que escrita.

Caçadora de Emoções disse...

Obrigada.
De coração.
A cada uma de vocês um beijo.

mariam disse...

bom post. palavras e imagem...
voltarei com tempo, visitar o seu "cantinho" ...

um sorriso :)


ah! tenho que lhe confessar uma coisa, p'la sua imagem d'apresentação, eu nunca viria aqui... sério! e seria provavelmente uma pena... e juro que não sou moralista nem pseudo púdica, nem nada dessas coisas... que coisa!

JOSÉ FANHA disse...

Qurida Caçadora,

Quem caça emoções, lê. Lê o sol, lê o rosto dos outros, o seu olhar, as palavras que estão por dentro de si, as que andam á solta entre as pessoas que vivem encerradas nos seus silêncios e para lhes deitar a mão é preciso arranjar redes de apanhar palavras.

Ler é uma condição de vida. Ler o mundo, ler os livros. E ler o mundo nos livros. O mundo d dentro e o de fora.

Todos nós somos leitores e o que é curioso é que neste fenómeno que são os blogs, ao escrevermos, vamos aprendendo a lermo-nos a nós próprios.

Bijos e muita ternura,

JFanha

Caçadora de Emoções disse...

Beijos e mil sorrisos para a Mariam e JOSÉ FANHA :)))

Lúcia disse...

Este post está magnífico. Tal e qual. Ai os horizontes que se abrem com um livro...
Beijinhos

Caçadora de Emoções disse...

Lúcia,

Fiquei muito, muito contente com a sua visita.

Sorrisos :)

ZezinhoMota disse...

Os livros teem feito parte da minha vida e sinto um enorme reconforto por isso...

Gostei de te conhecer.

ZezinhoMota

Caçadora de Emoções disse...

Obrigada por ter passado pelo meu "Refúgio"...


Um sorriso :)