domingo, 9 de agosto de 2009

Saudades muitas...

Geri Halliwell - Calling

<


Para Ti

Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo

Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que talhei
o sabor do sempre

Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo
e pensei que tudo estava em nós
nesse doce engano
de tudo sermos donos
sem nada termos
simplesmente porque era de noite
e não dormíamos
eu descia em teu peito
para me procurar
e antes que a escuridão
nos cingisse a cintura
ficávamos nos olhos
vivendo de um só
amando de uma só vida

Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"


Relembro que estou sempre convosco...
Um sorriso :) doce com as cores do arco-íris.
Fiquem bem!
Emoções sem fim num longo abraço Amigo.

Deixo-vos também uma foto da minha querida gata, a "Rubi"...

7 comentários:

poematar disse...

Lindo o poema; bem lembrado. Um abraço e faz-me uma visitinha. Boas férias, se for caso disso.

Caçadora de Emoções disse...

Poematar,
Logo que possa faço-te uma visitnha...
Volta sempre ao meu "Refúgio".
Boas férias!

E um sorriso :)

Contracena disse...

Olá Caçadora, que bom "ver-te" por aqui.
Vai voltando, nem que seja assim, de vez em quando.
Beijinho.
Fátima

Caçadora de Emoções disse...

Querida Fátima,

Sim, vou procurar voltar, mesmo assim de vez em quando...

Beijonhos muitos e um sorriso :)

Mar Arável disse...

Temos mais vidas

que os gatos

Caçadora de Emoções disse...

Mar Arável,
Creio que sim...
E a vida põe-nos muitas vezes à prova!

Abraço grande,

Vieira Calado disse...

Há um tempinho que aqui não vinha.
O seu blog continua muito interessante.

Beijiocas