sexta-feira, 24 de abril de 2009

Um cravo vermelho para quem me visita... Viva Abril!!!





Ruas de Lisboa...

Ruas da minha cidade
veias que o meu sangue abraça
e põe cravos de ansiedade
na lapela de quem passa.

Ruas da minha cidade
onde perco o coração.
Poema diz a verdade!
Diz a verdade canção!

Ruas da minha cidade
amanhecendo a firmeza
duma ponte entre a saudade
e um Abril à portuguesa.

Ruas da minha cidade
onde vingo as minhas asas.
O meu nome é liberdade
e moro em todas as casas.

Ruas da minha cidade
praças da minha alegria
onde antes da claridade
era noite todo o dia.

Ruas da minha cidade
onde o velho é sempre novo:
as ruas não têm idade
porque são todas do povo.

Ruas da minha cidade
becos de ganga puída.
Oficinas da verdade
dos operários desta vida.

Ruas da minha cidade
janelas do meu olhar
onde os pardais da amizade
à tarde vêm poisar.

Ruas da minha cidade
rasgadas por minha mão.
A gente passa à vontade
quando pisa o nosso chão.

Ruas da minha cidade
Aonde eu quero morrer
Com cravos de eternidade
Dos meus olhos a nascer.

Joaquim Pessoa




Emoções a perder de vista para todos/todas vocês. Fiquem bem.
Abraço grande com Amizade.
E um sorriso festivo :)

24 comentários:

Peter Pan disse...

Simpática Amiga:
Um vídeo importante e significativo na revolução dos cravos. Extraordinário.
A "Senha" para a revolução.
Feliz 25 de Abril de esperança num Portugal melhor.
Beijinhos agradecidos pela sua amizade.

p.p./Pena

Caçadora de Emoções disse...

Amigo Peter Pan,
Fico feliz por te rever!..
Volta sempre...

Beijos e sorrrisos :))) de Abril

mariam disse...

C. Emoções,
belo post!
estive fora, só agora deu p'ra vir dar um grande abraço :)

que o dia tenha sido fantástico e faço votos para estejas bem :)

beijinhos
mariam

contracena disse...

Palavra "passe" e um belo poema de Joaquim Pessoa.

Não sei se touxeste a minha flor ou se foi coincidência. Se a trouxeste, fiseste bem! É uma magnólia - bonita flor!
Entretanto, tenho lá mais ofertas para ti - por enquanto estão três na página inicial e uma na anterior:
- "aqui a magia acontece";
- "este blog é tão bom que até arrepia";
- "abraço-te";
- "búzio".

Beijinhos P.

Lúcia disse...

Obrigado por este post. E com um poema do J Pessoa que eu adoro.

Um beijinho grande e que viva sempre Abril

Vieira Calado disse...

25 de Abril


Sempre!


Beijinhos

Císa disse...

Nossa! Quanto tempo eu não passo por aqui!
Eu estava tão ausente do mundo....

Como vc esta,florzinha?

Seu blog continua sensibilidade pura,né?!

Saudades da alma que vc desperta por aqui...

Um beijinho super carinhoso!

Tenha uma semana iluminada!

* Císa *

ParadoXos disse...

beijinhos muitos estimada!
um es - cravo que deixou de ser e é flor linda... Abril o olhar e ser livre - sempre!!

O Espírito do Tai Chi disse...

Amiga Caçadora de Emoções!

Que emoção que foi viver Abril.
Que bom é não esquecer Abril...

Um beijinho do (sempre)amigo,

António Serra

Mar Arável disse...

Abril de novo

no Maio de sempre

Caçadora de Emoções disse...

Querida Mariam.
Um grande abraço também para ti. Fica bem.

Beijinhos e um sorriso :)

Caçadora de Emoções disse...

Querida Contracena,
Trouxe mesmo a tua flor...
E, adorei as tuas ofertas que vão colorindo o meu "Refúgio".
Tudo de bom.

Beijinhos e um grande sorriso :)

Caçadora de Emoções disse...

Querida Lúcia,
Viva Abril, hoje e sempre!

Um grande beijinho também para ti
:)))

Caçadora de Emoções disse...

Amigo Vieira Calado,
Gosto sempre muito de o receber...
Espero que continue tudo a correr bem consigo.

Grande abraço :)

Contracena disse...

Olá P., estou a trabalhar, mas há sempre um tempinho para aceder às minhas coisitas e visitar-te.
Vai passando! Está lá outra flor, ofereço-ta igualmente com amizade.

Escreve-me! Fala-me de ti!
Beijinho grande.
Fátima

Mar Arável disse...

Um beijo

no Abril de novo

no Maio de sempre

Caçadora de Emoções disse...

Amiga Cisa,
Beijos grande e os desejos de emoções sem fim!..
Obrigada por ter vindo.

:)))

Caçadora de Emoções disse...

Querido Ilusionista de Palavras,
O meu sorriso ilumina-se sempre que visitas o meu Refúgio. Volta sempre...

Beijos mil e mais sorrisos :)))

dona tela disse...

Eu era muito pequenina, mas os meus pais contam que foi assim um dia de milagres...

O Profeta disse...

As andorinhas do Mar chegaram
Com alegria tatuada nas penas refulgentes
Soltam chilreados estridentes
Dançam no azul, rodopiam contentes

A maresia adormeceu na areia
O mar transformou-se em espelho de água
Uma nuvem mirou-se nele
Verteu uma última gota de mágoa


Boa semana


Doce beijo

Contracena disse...

Caçadora, há ofertas/selos brasileiros no "contracenar". Se quiseres, são teus também.

Beijo.
Fátima

Iana disse...

Lindoooo demaisssss....

Gostei de andar pelas belas ruas de Lisboa...

Beijos mil e muitos sorrisos
deixo-te flores frescas como sempre

uma semana linda como você

PS: Amada demoro mais sempre volto, a vida não tem sido mãezona... kkkk

ParadoXos disse...

beijo meu, agora nosso!


saudades...

Vieira Calado disse...

Olá, amiga!

Passei para ler (ou reler)

pois, creio, há um tempinho que aqui não vinha.

O blog continua interessante
e variado.

Beijoca